RSS

Arquivo da categoria: Windows Server 2008 R2

Problema de espaço em disco no WSUS 3.0

configurando-wsus-server-4

Problema de espaço em disco no WSUS 3.0

Para quem esta perdendo o sono com problemas em espaço em disco no seu Wsus segue alguns procedimentos que tivermos que realizar em um cliente, lembrando que este procedimento foi necessário devido a falta de condições do cliente para adquirir um novo Disco Rígido ou até mesmo Storage para melhorias. A principio bastaria entrar em Opções e escolher a opção “Cleanup”.

Porem o processo não rodava até o fim exatamente por falta de espaço no disco onde o database estava, o mesmo do diretório WSUSCONTENTS.

Seria possível mover apenas o diretório do WSUS com o comando wsusutil movecontent <Drive:\Diretorio Atual> <Drive:\Diretorio Novo>, porem isso não resolveria o problema dos 80 GB que o WSUS estava ocupando.

Solução para resolver o problema passo a passo:

1.     Pare o serviço “Update Services”

2.     Delete todo o conteudo do diretório “WSUS\WsusContent”

3.     Restarte o serviço “Update Services”

4.     Abra o gerenciador do WSUS, abra “Updates” e “All Updates”

5.     Mude o filtro Aproval para “Any except declined” e no Status a opção “Failed/Needed”, o que fará aparecer todos os updates NECESSÁRIOS

6.     Selecione todos os updates da lista e escolha a opção “Retry Download”

Pronto, o WSUS irá baixar novamente os updates que são necessários e agora poderá funcionar normalmente. Mas lembre-se de algumas coisas importantes:

  • Os updates que já haviam rodado em todas as maquinas foram perdidos, como exemplo, updates de segurança anteriores, SPs, etc.
  • Ao colocar novas máquinas na rede será necessário baixar novamente updates que antes já estavam no arquivo
  • Rode o “Cleanup” antes de chegar na situação acima
  • Você pode escolher aleatoriamente os updates dentro do diretório WsusContent mas isso poderia estar deletando updates antigos e perdendo os que são necessários

 

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Serviços exclusivos: http://geratisolucoes.com.br
►FACEBOOK: https://www.facebook.com/gerati.loja/
►SITE: http://www.gerati.com.br
►Blog: https://gerati.wordpress.com/
►Twitter: https://twitter.com/Gerati_Games
►Video: https://www.youtube.com/user/geratiso…
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
ANTES DE COMENTAR LEMBRE-SE:
►Não é permitido SPAM.
►Seja agradável com os outros como gostaria que fossem com você.
►Não use palavrões ou vocabulário vulgar.
►Evite Perguntas técnicas nos comentários.
para sua segurança e do seu PC.
QUEM NÃO SEGUIR AS REGRAS SERÁ BLOQUEADO!
Essas medidas são para proteger você de DANIFICAR SEU PC por conselhos erradas de terceiros como infelizmente já aconteceu!

Anúncios
 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Reativar um disco dinâmico ausente ou off-line

Para reativar um disco dinâmico ausente ou off-line

Usando a interface do Windows

  1. Abra o Gerenciamento do Computador (Local).
  2. Na árvore de console, clique em Gerenciamento do Computador (Local), clique em Armazenamento e, em seguida, em Gerenciamento de Disco.
  3. Clique com o botão direito do mouse no disco marcado como Faltando ou Offline e, em seguida, clique em Reativar Disco.
    O disco deve ser marcado como Online depois que é reativado.

Observações

  • Para executar este procedimento em um computador local, você deve ser um membro do grupo Operadores de Cópia ou Administradores no computador local, ou a autoridade adequada deve ter sido delegada a você. Para executar este procedimento remotamente, você deve ser um membro do grupo Operadores de Cópia ou Administradores no computador remoto. Se o computador fizer parte de um domínio, é possível que os membros do grupo Administradores de domínio possam executar esse procedimento. Como prática recomendada de segurança, considere o uso de Executar como para executar este procedimento. Para obter mais informações, consulte Grupos locais padrão, Grupos padrão e Usando Executar como.
  • Para abrir Gerenciamento do Computador, clique em Iniciar, em Painel de Controle, clique duas vezes em Ferramentas Administrativas e, em seguida, em Gerenciamento do Computador.
  • Um disco dinâmico pode estar Faltando quando está corrompido, desligado ou desconectado.
  • Um disco dinâmico pode se tornar Offline quando está corrompido ou temporariamente não disponível. Um disco dinâmico também pode se tornar Offline se você tentar importar um disco externo (dinâmico) e a importação falhar. Um ícone de erro será exibido no disco Offline. Somente os discos dinâmicos exibem o status Faltando ou Offline.
  • Somente os discos dinâmicos podem ser reativados.

Usando uma linha de comando

  1. Abra o Prompt de Comando.
  2. Digite:
    diskpart
  3. No prompt DISKPART, digite:
    list disk
    Anote o número do disco ausente ou off-line que você deseja colocar on-line. Os discos ausentes são numerados como M0, M1, M2 etc. e os discos off-line são numerados como 0, 1, 2 etc.
  4. No prompt DISKPART, digite:
    select disk n
  5. No prompt DISKPART, digite:
    online
Valor Descrição
list disk Exibe uma lista de discos e informações sobre eles, como tamanho, quantidade de espaço livre disponível, se o disco é básico ou dinâmico e se usa o tipo de partição de registro de inicialização principal (MBR) ou tabela de partição GUID (GPT). O disco marcado com um asterisco (*) tem foco.
select diskn Define o foco para o disco especificado, onde n é o número do disco.
online Coloca um disco ou volume off-line com foco on-line.

Observações

  • Para executar este procedimento em um computador local, você deve ser um membro do grupo Operadores de Cópia ou Administradores, ou a autoridade adequada deve ter sido delegada a você. Se o computador fizer parte de um domínio, é possível que os membros do grupo Administradores de domínio possam executar esse procedimento. Como prática recomendada de segurança, considere o uso de Executar como para executar este procedimento. Para obter mais informações, consulte Grupos locais padrão, Grupos padrão e Usando Executar como.
  • Para abrir um prompt de comando, clique em Iniciar, aponte para Todos os programas, Acessórios e clique em Prompt de comando.
  • Um disco dinâmico pode estar Faltando quando está corrompido, desligado ou desconectado.
  • Um disco dinâmico pode se tornar Offline quando está corrompido ou temporariamente não disponível. Um disco dinâmico também pode se tornar Offline se você tentar importar um disco externo (dinâmico) e a importação falhar. Somente os discos dinâmicos exibem o status Offline.
  • Somente os discos dinâmicos podem ser reativados.
  • Para obter mais informações sobre o DiskPart, consulte Tópicos Relacionados.

Informações sobre diferenças funcionais

  • O seu servidor pode funcionar de forma diferente dependendo da versão e edição do sistema operacional instalado, das permissões da conta e das configurações de menu

Fonte: Technet

Curta e compartilhe
Gerati Soluções em TI
http://www.gerati.com.br

 
2 Comentários

Publicado por em junho 15, 2015 em Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Habilitando Auditoria de Pastas no Windows Server 2008

Habilite a auditoria de arquivos no Windows para monitorar os eventos relacionados aos usuários, como: acessar, modificar e apagar arquivos e pastas monitorados em sua rede.
A configuração da Auditoria é feita em duas partes:
1) Habilitar a auditoria na pasta que deseja auditar
2) Habilitar a auditoria por Diretiva de Grupo
Configurando a Pasta que será auditada:
1. Abra o Windows Explorer e navegue até o arquivo (pasta) em questão.
2. Clique com o botão direito do mouse na pasta e clique em Propriedades, clique na guia Segurança e após Avançado.
3. Alterne para a guia de Auditoria e clique no botão Editar.
4. Clique em Adicionar para escolher os usuários e os grupos de monitoramento. A prática comum é adicionar o grupo de usuários autenticados.
Habilitando Auditoria de Pastas no Windows Server 2008_img01
5. Selecione caixas em eventos necessários para tanto Exito e Falha em Entrada de auditoria. Para uma auditoria explícita, selecione todas as caixas.
Habilitando Auditoria de Pastas no Windows Server 2008_img02
Aplicando Auditoria via GPO

1. Abra Iniciar -> Executar, digite secpol.msc e tecle Enter.
2. Edite ou crie a GPO onde deseja aplicar a Auditoria.
3. Navegue até Configuração de Segurança -> Diretivas locais -> Diretiva de auditoria.
4. Edite a Auditoria de acesso a objetos.
Habilitando Auditoria de Pastas no Windows Server 2008_img03
5. Nas Propriedades da Auditoria, marque as opções desejadas, conforme abaixo:
Habilitando Auditoria de Pastas no Windows Server 2008_img04
6. Clique em OK, e feche o Editor de GPO

Para aplicar as configurações imediatamente no computador, abra o Prompt de Comando e digite o comando”gpupdate /force

Agora, todas as tentativas de acesso serão rastreadas no log de segurança do Visualizador de Eventos. Se você quiser verificar quem excluiu determinado diretório, abra o Visualizador de Eventos em Logs do Windows na parte de Segurança. Procure o evento com número deidentificação 4663, conforme mostrado abaixo.

Habilitando Auditoria de Pastas no Windows Server 2008_img05
Habilitando Auditoria de Pastas no Windows Server 2008_img06
Espero ter ajudado
Curta e compartilhe nosso blog, obrigado.
 
Deixe um comentário

Publicado por em agosto 25, 2014 em Windows Server 2008 R2

 

Tags: , , , , , , , , ,

Criando e Configurando um Servidor DHCP no Windows Server 2008 R2

Basicamente os servidores DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) gerenciam centralmente endereços IP e informações afins, fornecendo de forma automática estas informações aos clientes. Isso permite que você defina as configurações de rede dos clientes em um servidor, em vez de configurá-las em cada computador cliente.

Neste post irei mostrar passo a passo como instalar e configurar um servidor DHCP no Windows Server 2008 R2.

Configurar um servidor DHCP depende de alguns fatores, como o número de clientes na rede, a configuração da rede e a implementação de domínios que você está usando em sua rede. Em se tratando de domínios do Active Directory (AD), deve se autorizar o servidor DHCP no AD para que o mesmo possa executar sua função.

Em se tratando de grupos de trabalho, não é necessário autorizar o servidor DHCP no AD.

Instalando o servidor DHCP no Windows Server 2008 R2

Abra o Gerenciador de Servidores, clique em Funções e depois em Adicionar funções.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.01

Ao clicar em Adicionar funções, irá aparecer uma janela de Assistente para Adicionar novas Funções. De início na janela que foi aberta aparecerá “Antes de começar”, que contém algumas explicações sobre o assistente. Você pode marcar a opção Ignorar está página, por Padrão para quando você abrir novamente o Assistente, essa mensagem não volte à aparecer. Clique em Próximo.

Na próxima tela irá aparecer as Funções que poderão ser instaladas no servidor. Neste caso selecione apenas Servidor DHCP.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.02

**É importante deixar claro que o servidor  DHCP deve possuir IP fixo!! Caso contrário ao selecionar a Função Servidor DHCP irá aparecer uma mensagem de aviso que o Servidor não possui IP fixo.

Clique em Próximo 2 vezes, já que a próxima tela irá fazer uma breve apresentação do protocolo DHCP, o que é um servidor DHCP, etc.

Na próxima tela será apresentada uma lista de conexões de rede do servidor que possuem IP fixo. Selecione as conexões que o servidor irá utilizar. No caso aqui, existe apenas uma conexão com IP fixo.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.03

Clique em Próximo.

Nesta tela é necessário informar o nome DNS do domínio pai e o endereço do DNS IPv4. As configurações atribuídas aqui serão disponibilizadas para todos os clientes que usarem o IPv4.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.04

Clique em Próximo.

Na próxima tela ele pede para instalar o servidor WINS (Windows Internet Naming Service). Vale lembrar que o WINS só é utilizado em Sistemas Operacionais antigos como Windows 95, 98 e NT por exemplo. Neste caso então vamos deixar marcado a opção WINS não é necessário aos aplicativos desta rede. Quem faz o papel do WINS hoje em uma rede moderna é o DNS.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.05

Clique em Próximo.

Na próxima tela será adicionado o escopo do servidor DHCP. Clique em Adicionar e abrirá uma nova tela. Nesta tela coloque o nome do escopo, o endereço IP inicial do range do DHCP e o endereço final do range. No meu caso aqui coloquei o nome Intervalo1, endereço inicial para distribuição de IPs 192.168.10.10 e endereço final de Ips 192.168.10.200, tipo de sub-rede com fio, máscara de sub-rede 255.255.255.0 e gateway do meu próprio servidor.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.06

Clique em Ok e depois em Próximo.

Esta etapa de adicionar escopo poderia ter sido pulada para ser configurada mais tarde clicando em Próximo.

Na próxima tela ele apresenta opções para especificar se o modo DHCPv6 sem monitoração de estado deve ser ativado ou desativado. Como estou trabalhando apenas com IPv4 vou marcar a opção Desabilitar o modo sem monitoração de estado de DHCPv6 para este servidor.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.07

Clique em Próximo e será apresentado a configuração do servidor DHCP. Clique em Instalar.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.08

Feito isso o servidor DHCP já está instalado. Caso seja necessário reinicie o servidor.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.09

Como dito anteriormente, se você estiver utilizando domínio do AD, deve se autorizar o servidor DHCP no AD.

Para isso abra o DHCP indo em Iniciar > Ferramentas Administrativas > DHCP

Na árvore à esquerda clique em DHCP e depois no menu Ação.

Clique em Gerenciar Servidores Autorizados.

Será aberto uma caixa de diálogo, clique em Autorizar.

Quando for solicitado, digite o endereço IP do servidor DHCP que deve ser autorizado.

Nota importante: Se o DHCP for instalado em um servidor que atua como um controlador de domínio, o servidor DHCP será automaticamente autorizado e a autorização não poderá ser removida.

Dica: Como o DHCP é muito importante para a inicialização do cliente e para o acesso à rede, deve-se levar em conta a redundância digamos assim do servidor DHCP, ou seja, se possível utilizar dois servidores DHCP (um em “stand by”) na rede para caso um deles venha a falhar a rede não fique parada. No entanto, configurar roteadores para encaminhar difusões DHCP ou ter agentes de retransmissão DHCP reduz a necessidade de utilizar servidores adicionais.

 
Deixe um comentário

Publicado por em agosto 7, 2014 em Windows Server 2008 R2

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,