RSS

Arquivo da tag: gerati solucoes em ti

Remover partições com o Microsoft DiskPart*

DiskPart*

O Microsoft DiskPart é uma ferramenta poderosa que você pode executar na linha de comando sem usar uma interface gráfica. A ferramenta é mais flexível do que Gerenciamento de Disco.

Para executar o DiskPart:

  1. Digite DiskPart na linha de comando ou invoque a ferramenta na janela Executar. Uma mensagem de controle de conta de usuário aparece.
  2. Forneça direitos de administrador para a ferramenta e aceite a mensagem para executar a ferramenta.

diskpart01

O DiskPart tem muitas opções e comandos. Consulte as etapas básicas abaixo para inicializar e apagar uma unidade.

Primeiro, selecione a unidade em que você está trabalhando:

  • List disk: Mostra a lista de discos e unidades flash USB conectados
  • Sel disk (select disk): Seleciona o escopo para trabalhar
  • Clean all: Remove as informações de partição e de volume do dispositivo selecionado

Em seguida, com o dispositivo limpo (no estado de fábrica), crie partições e formate-as. Selecione a unidade e digite os seguintes comandos para criar partições:

  • List part: Mostra a lista de partições disponíveis na unidade (no estado de fábrica, não há partições)
  • Sel part: Usado para selecionar uma partição para trabalhar
  • Del part: Usado para remover a partição selecionada

Se você não tiver partições, poderá criar uma partição nova.

Create part primary: Este comando cria uma partição primária do tamanho total da unidade. Você pode também especificar uma partição estendida, uma partição lógica, ou especificar o tamanho desejado para a partição usando size=”xxx”.

Agora selecione a partição a ser formatada e configure-a com o tipo de partição selecionado:

  • Format override fs=”NTFS” label=”etiqueta”: Executa um formato de baixo nível (apagamento seguro), configura sua partição no sistema de arquivos NTFS e define a etiqueta desejada.

Você pode também usar outros parâmetros e funções deste comando. Por exemplo, para executar um formato rápido em vez de sobregravar, digite format quick fs=”NTFS” label=”teste” size=409600 (o tamanho (“size”) é em MB).

Você criou e formatou sua partição. Se nenhuma letra for atribuída à partição, você não verá a unidade no Windows*.

Para ver a unidade, digite os seguintes comandos:

  • List vol: Mostra a lista de todos os volumes disponíveis
  • Sel vol: Seleciona o volume que você já criou com os últimos comandos.
  • Assign letter: Atribui uma letra à unidade para que o Windows possa vê-la. A unidade está pronta para usar. Por exemplo: assign letter=D.

Para obter mais informações sobre o DiskPart, consulte sintaxe de comandos e explicação dos comandos.

diskpart02

Fonte: Microsoft

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agora

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site :           http://www.gerati.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog:           https://gerati.wordpress.com/
► Twitter:     https://twitter.com/Gerati_Games
► Video:        https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

Anúncios
 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Microsoft garante que já corrigiu o problema da nova atualização do Windows 10

atualização01

Depois de uma série de problemas com arquivos deletados que obrigaram a Microsoft a adiar a liberação final da atualização de outubro do Windows 10, a empresa já começou a retomar a distribuição da atualização para os usuários do sistema operacional. Segundo a companhia, o bug tinha relação com a função de Redirecionamento de Pastas, que redirecionava automaticamente pastas básicas como desktop, documentos e fotos a seus locais de origem.

O problema aconteceu por causa de uma linha de código da nova atualização, que apagava automaticamente qualquer pasta duplicada que estivesse vazia, mas uma falha na programação fez com que fossem apagadas até mesmo pastas que continham arquivos.

A Microsoft garante que o problema afetou um número bem pequeno de usuários (algo como 0,01% de todos os que fizeram a atualização), e que a empresa já o resolveu completamente. Por enquanto, a atualização corretiva está disponível apenas para usuários que fazem parte do programa Windows Insiders, que irão testar se o problema das pastas foi mesmo resolvido antes de a Microsoft disponibilizar a atualização para todos os usuários.

iCloud deixa de funcionar no Windows 10 após atualização

icloudWindows

Usuários do iCloud em máquinas equipadas com Windows 10 deram de cara com uma surpresa desagradável nesses últimos dias: após o lançamento de uma atualização do sistema operacional (versão 1809), o aplicativo do iCloud para o Windows tornou-se incompatível tanto para novos downloads como para instalações antigas. A página de suporte do Windows reconhece o problema.

“A Apple identificou uma incompatibilidade do iCloud para o Windows (versão 7.7.0.27), na qual usuários podem ter problemas ao atualizar ou sincronizar os álbuns compartilhados após atualizar o Windows 10 para a versão 1809. Usuários que tentarem instalar o iCloud para Windows (versão 7.7.0.27) no Windows 10, versão 1809, verão uma mensagem afirmando que esta versão do iCloud não tem suporte, e a instalação vai falhar”, diz o detalhamento do erro na página de suporte do Windows.

Não há uma forma de contornar o problema, então a recomendação da Microsoft é de que quem tem o iCloud instalado em sua máquina evite as atualizações do sistema operacional até que isso seja resolvido. Segundo a Microsoft, uma atualização será trazida pela Apple, mas não foi oferecida qualquer previsão de data.

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agora

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site :           http://www.gerati.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog:           https://gerati.wordpress.com/
► Twitter:     https://twitter.com/Gerati_Games
► Video:        https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

 
Deixe um comentário

Publicado por em novembro 26, 2018 em Noticias

 

Tags: , , , , , , ,

WPWPA3: Wi-Fi recebe seu maior upgrade de segurança após 14 anos A3: Wi-Fi recebe seu maior upgrade de segurança após 14 anos

WPA3-Protocol-Released-after-14-years-640x360

No ano passado, quando os pesquisadores de segurança destruíram a segurança do WPA2 com a exploração do KRACK , foram levantadas questões sobre sua capacidade de proteger bilhões de dispositivos compatíveis com WiFi em todo o mundo.

Como resultado, em janeiro de 2018, a WiFi Alliance anunciou uma grande atualização para o protocolo de segurança WiFi chamado WPA3 (WiFi Protected Access III). Agora, depois de quase seis meses, o WPA3 é oficial .

O WPA3 foi projetado para tornar a autenticação mais robusta e aumentar a força criptográfica das redes sem fio. Para usuários comuns, o padrão traz criptografia de dados individualizada e torna os logins baseados em senha mais resilientes ao implementar a Autenticação Simultânea de Iguais (SAE) – um protocolo de estabelecimento de chaves que dificulta a adivinhação de senhas.

Para usuários corporativos, ele oferece uma criptografia “equivalente à força criptográfica de 192 bits”, que fornece um meio seguro para a transferência de dados confidenciais.

A Wi-Fi Alliance também introduziu o Easy Connect, que reduz a complexidade de adicionar dispositivos WiFi com exibição limitada ou sem exibição a uma rede, como dispositivos IoT. Para tais dispositivos, smartphones e códigos QR podem ser usados.

O WPA3 substituiu seu predecessor após 14 anos de existência. Eventualmente, o novo protocolo de segurança assumiria o império do WPA2, mas isso não acontecerá da noite para o dia. Principalmente, depende dos fabricantes que a rapidez com que eles liberam roteadores WPA3 e outros dispositivos. Mas o WPA2 vai ficar. Dizer que os dispositivos compatíveis com WPA3 ficaram inoperante ​​com dispositivos WPA2.

Fonte: Fossbytes

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agorazap

Skype: gerati.vendas

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site : http://www.gerati.com.br
► Serviços exclusivos: http://geratisolucoes.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog: https://gerati.wordpress.com/
► Twitter: https://twitter.com/Gerati_Games
► Video: https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 26, 2018 em Noticias, Vírus / Antivírus

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Como ativar e usar o visualizador de fotos antigo no Windows 10

Windows 10 trouxe um novo aplicativo de fotos que, por padrão, é usado tanto para organizar a biblioteca de mídia do usuário quanto para a visualização de imagens abertas pelo Windows Explorer. Como o aplicativo traz vários recursos, ficou mais pesado e pode demorar para abrir, especialmente nos computadores mais antigos.

Se você deseja uma ferramenta mais leve e rápida, confira o tutorial a seguir e aprenda a ativar e usar o antigo visualizador de fotos do Windows 7 como aplicativo padrão. O software vai exibir os formatos de imagens na última versão do sistema operacional da Microsoft.

00

Passo 1. Pressione o comando “Windows + R” para abrir o “Executar” e entre com o comando “regedit.exe” (sem as aspas);

01

Passo 2. Uma mensagem de confirmação do UAC será aberta. Nela, clique em “Sim” para continuar;

02

Passo 3. Agora, na lateral esquerda da janela do editor de registro, navegue até “HKEY_CURRENT_USER \ Software \ Classes \ .jpg”. À esquerda, dê um duplo clique sobre “(Padrão)” e entre com o valor “PhotoViewer.FileAssoc.Tiff” (sem as aspas);

03

Passo 3. Repita o procedimento acima, do terceiro passo, nas seguintes chaves:

  • HKEY_CURRENT_USER\Software\Classes\.jpeg
  • HKEY_CURRENT_USER\Software\Classes\.gif
  • HKEY_CURRENT_USER\Software\Classes\.png
  • HKEY_CURRENT_USER\Software\Classes\.bmp
  • HKEY_CURRENT_USER\Software\Classes\.tiff
  • HKEY_CURRENT_USER\Software\Classes\.ico

Passo 4. Após fazer as alterações no registro, feche o editor e abra as configurações do Windows 10. Por lá, clique em “Apps”;

04

Passo 5. Por fim, em “Aplicativos padrão”, clique em “Fotos” e escolha o “Visualizador de Fotos do Windows”.

05

Passo 5. Por fim, em “Aplicativos padrão”, clique em “Fotos” e escolha o “Visualizador de Fotos do Windows”.

05

Dessa forma, visualizador de fotos antigo do Windows 7 será executado sempre que você abrir uma foto.

Fonte: TechTudo

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agorazap

Skype: gerati.vendas

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site : http://www.gerati.com.br
► Serviços exclusivos: http://geratisolucoes.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog: https://gerati.wordpress.com/
► Twitter: https://twitter.com/Gerati_Games
► Video: https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 18, 2018 em Windows 10

 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Gabinete MID Tower C/ LED P7-C0 Preto Aerocool ( Novidade )

Gabinete MID Tower C/ LED P7-C0 Preto Aerocool

Modelo:P7-C0
Marca:AEROCOOL
Iluminação RGB:
Futurístico e moderno, O P7-C0 possui um filete em led RGB na sua parte frontal na qual possui 10 cores e 3 modos de iluminação que podem ser alternados facilmente pelo botão do painel frontal.

Magnificamente Elaboradas!

Com seus dois painéis laterais em vidro temperado, fica fácil a visualização dos componentes internos. Traz também um grande espaço para fácilitar o manuseio interno, o P7-C0 é um gabinete versátil que suporta até sistemas complexos de refrigeração líquida!

Fácil manutenção;

Frontal protegido com filtro de poeira de fácil remoção para não ter problemas na hora da limpeza;

Filtro de poeira removível e magnético no painel superior para fácil limpeza e melhor manutenção.

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agorazap

Skype: gerati.vendas

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site : http://www.gerati.com.br
► Serviços exclusivos: http://geratisolucoes.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog: https://gerati.wordpress.com/
► Twitter: https://twitter.com/Gerati_Games
► Video: https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 1, 2018 em Loja Virtual, Windows XP

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Perigo na rede: ferramentas permitem que qualquer um crie seu próprio vírus

Perigo na rede: ferramentas permitem que qualquer um crie seu próprio vírus

Antigamente, os vírus eram feitos por pessoas com grande conhecimento técnico e um alvo muito específico. Afinal, criar um programa nocivo que fosse capaz de inutilizar um computador exigia muita habilidade e poucos escrúpulos. Mas esses tempos ficaram para trás, e hoje em dia qualquer um que consiga entrar na internet é capaz de criar seu próprio vírus.

Isso acontece graças aos serviços de “Ransomware as a Service”, ou Ransomware como um serviço. Ransomware são os vírus que travam os arquivos de uma máquina e só liberam mediante pagamento. O assustador é que, hoje em dia, qualquer um pode entrar na internet e rapidamente achar um programa que ajude a criar e distribuir um ransomware novo. É brincadeira?

Essa facilidade toda foi criada graças uma nova estratégia dos bandidos virtuais. Eles perceberam que seria mais fácil dar às pessoas a capacidade de criar vírus do que criá-los e usá-los eles mesmos. Assim, eles não podem ser responsabilizados por nada – e acabaram descobrindo uma verdadeira mina de dinheiro. Há sites de criação de vírus que cobram uma taxa fixa para que possam ser usados. Mas há também sites gratuitos, que cobram apenas uma porcentagem dos lucros que os usuários tiverem com os golpes – é a participação no crime.

“Bem, agora qualquer um pode ser um agente malicioso. O Ransomware como serviço deixou essa porta escancarada para qualquer pessoa, desde pessoas que queiram se vingar até pessoas que só precisam de um pouco de dinheiro a mais. Se eles têm conhecimento técnico elas podem encontrar uma fonte para criar seu próprio servidor de comando e controle, mas se não têm, eles podem ir a um site e criar seus próprios ransomwares de graça”

Alguns dos serviços desse tipo podem ser facilmente encontrados em links no Twitter e no Reddit, por exemplo. Nós não vamos citar nomes aqui justamente para não ajudar na propagação dessas franquias de crimes virtuais. O pior da história é que cada vírus criado por eles é novo, assim, boa parte dos antivírus não reconhecem os arquivos maliciosos. E isso torna o esquema todo ainda mais lucrativo.

Mas há boas notícias também. Algumas empresas de cibersegurança estão usando tecnologias de aprendizagem de máquina e modelagem matemática para oferecer soluções de proteção bem mais potentes. Essas novas soluções conseguem entender que um arquivo é um vírus mesmo que ele nunca tenha afetado nenhuma máquina.

“A equação matemática que nossa inteligência artificial criou analisando milhões de arquivos, tanto bons quanto maus, criou um perfil matemático que permite a um computador entender matematicamente se um arquivo é bom ou ruim. Então com esse passo da inteligência artificial criar o produto, nós removemos o elemento humano do que em geral é um processo difícil de proteger máquinas”, informa Richard Melick.

É como se a inteligência artificial conseguisse analisar o DNA dos arquivos de computador. E com base na análise de milhões de DNAs diferentes, ela consegue prever quando um arquivo vai ser bom ou mau. Só que em vez das letrinhas do nosso DNA, o código genético das máquinas é composto por uns e zeros. E conforme os ciberataques continuarem a se tornar mais numerosos e sofisticados, a tendência é que mais empresas usem inteligência artificial para criar antivírus.

“Muitas abordagens funcionam, mas não tão bem. Elas não são capazes de acompanhar as mudanças dos malwares. A inteligência artificial tem se mostrado a próxima fronteira, a grande revolução para ficar à frente dos malwares, vírus e ransomware que estão atacando o mercado”, conta Melick.

Fonte: Olhar Digital

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agorazap

Skype: gerati.vendas

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site : http://www.gerati.com.br
► Serviços exclusivos: http://geratisolucoes.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog: https://gerati.wordpress.com/
► Twitter: https://twitter.com/Gerati_Games
► Video: https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em maio 2, 2018 em Noticias

 

Tags: , , , , , , , , ,

Zuckerberg pede desculpas por Cambridge Analytica e anuncia pente fino

CEO do Facebook diz que confiança dos usuários “foi quebrada”. E anuncia investigação de todos os apps em atividade na rede social. mark

Após quase cinco dias de silêncio depois que o escândalo do uso indevido de dados de 50 milhões de usuários do Facebook pela consultoria política Cambridge Analytica estourou, o fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, finalmente veio a público se explicar.

Em um post publicado em sua página oficial do Facebook, Zuckerberg faz uma recapitulação dos fatos em torno da Cambridge Analytica, diz que a empresa está trabalhando para averiguar e entender o que aconteceu, confirma que a companhia está em conversa com órgãos regulatórios e admite que a confiança entre a rede social e seus usuários “foi quebrada”.

“Isso [o escândalo] foi uma quebra de confiança entre [Aleksandr] Kogan, Cambridge Analytica e Facebook. Mas também foi uma quebra de confiança entre o Facebook e as pessoas que compartilham seus dados conosco e que esperam que nós os protejamos. Precisamos corrigir isso”. “Temos a responsabilidade de proteger seus dados, e se não conseguimos, então não merecemos servir vocês”, escreve Zuckerberg.

Medidas duras

No post, o CEO anuncia algumas das novas medidas tomadas e promete que mais virão em breve:

1- Investigar todos os apps que, no passado, tenham tido acesso a grandes volumes de informações antes da mudança da regra do uso de dados implementada em 2014, e fazer uma auditoria completa em qualquer app de atividade suspeita. Os desenvolvedores que não concordarem com a auditoria serão banidos da plataforma, garante Zuckerberg. E aqueles que for provado estiverem fazendo mau uso de dados pessoais identificáveis serão banidos e os usuários afetados informados. Isso, segundo Zuckerberg, vai incluir pessoas afetadas pelo uso do app de Kogan.

2- Restringir ainda mais o acesso dos desenvolvedores a dados pessoais para, segundo Zuckerberg, prevenir outros tipos de abuso. Por exemplo, remover o acesso dos desenvolvedores aos dados de usuário se o usuário nao tiver acessado o app nos últimos 3 meses. E daqui para frente permitir que um app possa receber apenas nome, foto do perfil e endereço de email do usuário. Uma medida complicada: exigir que os desenvolvedores não só obtenham a aprovação do acesso aos dados mas também que tenham de ter um contrato assinado quanto quiserem ter acesso aos posts e outros dados privados de alguém.

3- Nos próximos meses, o Facebook apresentará no topo do News Feed dos usuários uma ferramenta que mostra os apps que ele usou e com um recurso fácil para revogar o acesso aos dados para esses apps. O recurso existe dentro da área de controle de privacidade, mas agora a empresa quer mantê-la na frente dos usuários o tempo todo.

Cambridge Analytica

Sobre o escândalo, que custou ao Facebook até agora a perda de US$ 52 bilhões de dólares em valor de mercado, Zuckerberg afirma que está trabalhando para entender o que aconteceu e para ter certeza de que não vai acontecer de novo. E insiste que a empresa já teria tomado as medidas para evitar esse problema em 2014. “As medidas mais importantes para evitar que isso aconteça de novo hoje já foram tomadas anos atrás. Mas nós também erramos, há mais para fazer e nós precisamos nos mexer e fazer”.

Zuckerberg garante que o Facebook baniu o app do pesquisador Aleksandr Kogan em 2015 ao ser alertado de que ele teria compartilhado os dados com a consultoria. E que teria recebido a confirmação de ambos de que os dados tinham sido apagados dos servidores. “Na semana passada, com as reportagens do The Guardian, The New York Times e Channel 4 denunciando que a Cambridge Analytica poderia não ter apagado os dados como tinham dito, nós imediatamente banimos ambos de usarem nossos serviços”, escreve Zuckerberg.

Segundo o fundador do Facebook, uma firma de auditoria forense foi contratada e vai analisar os servidores da Cambridge Analytica, que concordou com a auditoria.

“Eu criei o Facebook e, no final do dia, eu sou o responsável pelo que acontece na nossa plataforma. Estou seriamente comprometido em fazer o que for necessário para proteger a nossa comunidade. Embora esse problema específico envolvendo a Cambridge Analytica não deveria nunca mais acontecer com os apps de hoje, isso não muda o que aconteceu no passado. Vamos aprender com essa experiência a proteger nossa plataforma ainda mais e fazer nossa comunidade mais segura daqui para frente”, escreve um contrito Zuckerberg.

* Colaborou Silvia Bassi, especial para o IDGNow!

Fonte : IDGNow

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agorazap

Skype: gerati.vendas

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site : http://www.gerati.com.br
► Serviços exclusivos: http://geratisolucoes.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog: https://gerati.wordpress.com/
► Twitter: https://twitter.com/Gerati_Games
► Video: https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

 
Deixe um comentário

Publicado por em março 22, 2018 em Noticias, Windows XP

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,