RSS

Arquivo da tag: windows 8

Remover partições com o Microsoft DiskPart*

DiskPart*

O Microsoft DiskPart é uma ferramenta poderosa que você pode executar na linha de comando sem usar uma interface gráfica. A ferramenta é mais flexível do que Gerenciamento de Disco.

Para executar o DiskPart:

  1. Digite DiskPart na linha de comando ou invoque a ferramenta na janela Executar. Uma mensagem de controle de conta de usuário aparece.
  2. Forneça direitos de administrador para a ferramenta e aceite a mensagem para executar a ferramenta.

diskpart01

O DiskPart tem muitas opções e comandos. Consulte as etapas básicas abaixo para inicializar e apagar uma unidade.

Primeiro, selecione a unidade em que você está trabalhando:

  • List disk: Mostra a lista de discos e unidades flash USB conectados
  • Sel disk (select disk): Seleciona o escopo para trabalhar
  • Clean all: Remove as informações de partição e de volume do dispositivo selecionado

Em seguida, com o dispositivo limpo (no estado de fábrica), crie partições e formate-as. Selecione a unidade e digite os seguintes comandos para criar partições:

  • List part: Mostra a lista de partições disponíveis na unidade (no estado de fábrica, não há partições)
  • Sel part: Usado para selecionar uma partição para trabalhar
  • Del part: Usado para remover a partição selecionada

Se você não tiver partições, poderá criar uma partição nova.

Create part primary: Este comando cria uma partição primária do tamanho total da unidade. Você pode também especificar uma partição estendida, uma partição lógica, ou especificar o tamanho desejado para a partição usando size=”xxx”.

Agora selecione a partição a ser formatada e configure-a com o tipo de partição selecionado:

  • Format override fs=”NTFS” label=”etiqueta”: Executa um formato de baixo nível (apagamento seguro), configura sua partição no sistema de arquivos NTFS e define a etiqueta desejada.

Você pode também usar outros parâmetros e funções deste comando. Por exemplo, para executar um formato rápido em vez de sobregravar, digite format quick fs=”NTFS” label=”teste” size=409600 (o tamanho (“size”) é em MB).

Você criou e formatou sua partição. Se nenhuma letra for atribuída à partição, você não verá a unidade no Windows*.

Para ver a unidade, digite os seguintes comandos:

  • List vol: Mostra a lista de todos os volumes disponíveis
  • Sel vol: Seleciona o volume que você já criou com os últimos comandos.
  • Assign letter: Atribui uma letra à unidade para que o Windows possa vê-la. A unidade está pronta para usar. Por exemplo: assign letter=D.

Para obter mais informações sobre o DiskPart, consulte sintaxe de comandos e explicação dos comandos.

diskpart02

Fonte: Microsoft

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agora

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site :           http://www.gerati.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog:           https://gerati.wordpress.com/
► Twitter:     https://twitter.com/Gerati_Games
► Video:        https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

Anúncios
 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Atenção! Malware de alto nível atinge clientes de bancos no Brasil

Os cibercriminosos adotaram uma abordagem mais sofisticada para atacar alvos no Brasil. Nas últimas duas semanas, o time de segurança IBM X-Force identificou atividade atípica que acarretou o surgimento dos trojans bancários de alta sofisticação Zeus Sphinx e Zeus Panda operando em território nacional.

“Esses malwares possuem uma sofisticação que não é comum encontrar no País”, afirmou Limor Kessem, conselheira da divisão de segurança da Big Blue. “Definitivamente, trata-se de algo fora do que vemos frequentemente”.

De acordo com a especialista, o mercado brasileiro é tipicamente atacado por ameaças de scripts ou extensões de navegadores. Segundo ela, não é comum ver ataques com um software modular complexo como o Zeus em solo brasileiro.

O malware age atacando computadores de usuários, onde fica hospedado até que as pessoas acessem suas contas bancárias ou realizem pagamentos online. Nesse ponto, o vírus intercepta a comunicação, modifica o website, rouba credenciais e redireciona o pagamento.

Limor supõe que os atacantes sejam baseados no Brasil ou, pelo menos, atuem suportados por um parceiro local.

A ameaça se comunica com uma central de servidores de comando e controle para baixar arquivos customizados. Nesses casos, os documentos são personalizados para atacar os três maiores bancos brasileiros, além do sistema brasileiro de pagamento. O nome das instituições não foi revelado.

Adicionar um novo alvo requer que os atacantes criem uma injeção de engenharia social que imita precisamente a identidade do banco, compreendendo a forma como aquela instituição autentica processos para não deixar transparecer que os usuários estão sendo enganados.

“Eles são capazes de manipular o que a pessoa consegue ver quando visita uma página”, ilustra a especialista da IBM. “Por exemplo, além do login e senha, o ataque pode também pedir dígitos de um documento ou o nome de um familiar da vítima na hora da autenticação, simulando um processo real usado por um banco”, acrescenta.

Segundo Limor, no passado era possível ver cibercriminosos atacando países que não conheciam ou tinham familiaridade e, quando faziam isso, cometiam deslizes grotescos em sua abordagem – deixando indícios da fraude.

Isso não se vê nessa ofensiva. “Agora eles colaboram com grupos locais, o que dá uma habilidade maior de fazer as coisas de um jeito certo a partir do conhecimento sobre como os alvos se comportam, o que eleva a chance de sucesso”.

Baseado no Zeus, o código fonte do Panda e Sphinx é similar. O Panda, além de bancos, também mira vulnerabilidades em empresas do segmento de varejo. Já o Zeus, que também ataca instituições financeiras, pode atacar pagamentos por Boleto Bancário.

Curta e compartilhe
Gerati Soluções em TI
www.geratisolucoes.com.br

atm_caixa_eletronico_banco

 
Deixe um comentário

Publicado por em agosto 17, 2016 em Noticias, Windows XP

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Como ativar a opção F8 no Windows 8

Olá galera,

Segue uma dica bem legal para que precisou por algum motivo acessar o “modo de segurança” ou outro campo que fosse preciso acionar através do botão ‘F8″ no Windows 8. Neste caso será necessário ativar a função do F8 através do boot.

1º Aperte o botão de pesquisa do teclado “simbolo da Microsoft” e digite “cmd” ao localizar-lo com o botão direito execute como “administrador”, e digite o seguinte comando abaixo para habilitar a função.

ativar F8-modo-segurança

2º Ao finalizar a etapa acima será lhe apresentado a seguinte informação conforme imagem abaixo.

ativar F8-modo-segurança-01

Pronto só reiniciar o micro e como de costume aperte o botão F8 para iniciar o painel avançado.

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 2, 2015 em Windows 8

 

Tags: , , , , , ,

WINDIRSTAT – MONITORE A UTILIZAÇÃO DO ESPAÇO EM DISCO NO WINDOWS

Olá galera segue um tutorial para facilitar sua visualização do espaço em disco no Windows, desta forma será possível você saber o que esta ocupando mais espaço e resolver problemas relacionados.

Ao consultar a quantidade de espaço em disco utilizado pelo Windows, o usuário poderá questionar que dados estariam fazendo tanto volume e o que ele poderia excluir para liberar espaço.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-01

 

Através do utilitário gratuito WinDirStat é possível descobrir instantaneamente quais os arquivos e pastas que ocupam mais espaço na unidade de armazenamento. Após analisar a unidade, o programa exibe uma representação gráfica do espaço ocupado por cada arquivo.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-02

Ao abrir o programa, o usuário pode escolher entre analisar todas as unidades de armazenamento, analisar apenas uma unidade ou analisar uma pasta específica.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-03

O resultado da análise é dividido em três painéis sendo o painel inferior o de maior destaque. Nele cada arquivo é representado por um retângulo colorido e de dimensões proporcionais ao tamanho do arquivo. Posicionar o ponteiro do mouse sobre o retângulo revela, na barra de status, o arquivo representado por ele.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-04

Cada formato de arquivo é representado por uma cor diferente. Para saber qual cor corresponde a qual extensão, basta consultar o painel superior direito do programa. Esse painel também mostra o espaço total ocupado por cada tipo de arquivo.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-05

Já o painel superior esquerdo exibe as pastas e arquivos que mais ocupam espaço em disco em ordem decrescente e com o valor exibido em porcentagem. Ao expandir uma pasta, as subpastas e arquivos também são classificados do maior para o menor.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-06

Ao selecionar um arquivo ou pasta no painel superior o retângulo fica destacado com uma moldura branca no painel inferior, mostrando a localização exata do arquivo – ou do conjunto de arquivos, caso uma pasta seja selecionada.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-07

Por se tratar de um programa de monitoramento de disco apenas, o WinDirStat não traz nenhuma ferramenta avançada de limpeza de disco. As únicas opções oferecidas nesse sentido são apenas atalhos para enviar o arquivo selecionado para a lixeira ou excluí-lo permanentemente.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-08

Há também atalhos para outros comandos úteis como abrir o arquivo no Windows Explorer ou no Prompt de comando, e também visualizar as suas propriedades.

WINDIRSTAT–MONITORE–A–UTILIZACAO–DO–ESPACO–EM–DISCO–NO–WINDOWS-GERATI-09

 

Considerações finais
O WinDirStat é um utilitário simples e de fácil uso, muito útil para quem está com pouco espaço em disco e, por essa razão, precisa excluir arquivos. Dessa forma o usuário consegue localizar rapidamente os arquivos que, quando excluídos, liberarão mais espaço.
O programa também é útil quando o usuário nota um grande consumo de espaço em disco, mas não consegue determinar o causador de tal consumo. Com o WinDirStat fica mais fácil detectá-lo.

Mais informações e download

Desenvolvedor: WinDirStat.Info

Download: WinDirStat 1.1.2

 

Eperamos ter ajudado de alguma forma, curta e compartilhe nossas páginas, obrigado.

Curta e compartilhe
Gerati Soluções em TI

Site :       http://www.gerati.com.br
Twitter:   https://twitter.com/Gerati_TI
Face :     http://www.facebook.com/geratisolucoesti
Youtube: http://www.youtube.com/geratisolucoesti
Blog :      https://gerati.wordpress.com

 
Deixe um comentário

Publicado por em setembro 19, 2014 em Windows 7, Windows 8, Windows XP

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Windows 9 pode vir com Wi-Fi Sense, função que encontra redes no WP 8

Windows-9-pode-vir-com-Wi-Fi-Sense-gerati-01

A Microsoft pode estar as vésperas de revelar seu novo sistema operacional e a cada dia, surgem novos vazamentos que parecem confirmar o rumor. O mais novo deles aponta que o Windows 9 vai incorporar o Wi-Fi Sense, uma função que detecta e conecta automaticamente o computador em redes Wi-Fi e que surgiu no Windows Phone 8. O objetivo é reduzir o consumo do plano de dados móveis

O Wi-Fi Sense identifica as redes Wi-Fi usadas pelo usuário e permite armazenar as credenciais de acesso, se conectando a elas automaticamente assim que percebe que elas estão disponíveis. Em um smartphone, o recurso permite economizar planos de dados móveis, trocando a conexão automaticamente entre o 3G ou 4G e uma rede Wi-Fi cadastrada ou livre disponível próximo ao computador.
Além disso, a função gerencia automaticamente qualquer exigência feita pelo roteador para aceitar a conexão. Isto significa que o usuário não precisa aceitar termos e condições ou inserir informações extras de acesso – o que é comum em aeroportos, por exemplo.

Outra facilidade oferecida pelo Wi-Fi Sense é poder compartilhar credenciais de acesso com outros usuários. Isto é útil para pessoas que queiram dar acesso a suas redes caseiras para terceiros mas não desejam que eles saibam sua senha.
O envio das informações pode ocorrer em vários meios, como contatos do Outlook, Skype ou Facebook.
A presença do Wi-Fi Sense foi descoberta em screenshots vazadas do Windows Technical Preview Build 9834 e divulgadas pelo site alemão WinFuture. Referências ao recurso foram encontradas no registro do sistema operacional mas, como se trata de uma versão incompleta, ainda não pode ser usado.

Windows-9-pode-vir-com-Wi-Fi-Sense-gerati-02

 

 

Curta e compartilhe

Gerati Soluções em TI

Site : http://www.gerati.com.br
Twitter: https://twitter.com/Gerati_TI
Face : http://www.facebook.com/geratisolucoesti
Youtube: http://www.youtube.com/geratisolucoesti
Blog : https://gerati.wordpress.com

 
Deixe um comentário

Publicado por em setembro 18, 2014 em Noticias

 

Tags: , , , , , , , ,

Criando um pendrive de instalação a partir do DVD do Windows 7

Olá galera segue mais um tutorial explicando como criar um DVD de Boot para instalação de Sistema Operacional Windows 7 via Pendrive, espero que gostem.

Esse artigo explica dois métodos para copiar o conteúdo do disco do Windows 7 em uma unidade flash USB a fim de realizar a instalação por meio deste dispositivo.

Obs: Antes de inicar o procedimento será necessário que formate seu Pendrive para o sistema de arquivo Fat32 pois se estiver em NTFS não irá funcionar.

criando-um-pendrive-de-instalação-a-partir-do-DVD-do-Windows 7-gerati-solucoes-Capa

 

1,  Conecte a unidade flash em uma porta USB do computador. A capacidade da unidade flash USB deve ser de 4GB ou superior.
2.  Clique em Iniciar e escreva cmd.exe no campo de pesquisa.

criando-um-pendrive-de-instalação-a-partir-do-DVD-do-Windows 7-gerati-solucoes-01

3. Clique com o botão direito do mouse em cmd e em seguida clique em Executar como administrador.

criando-um-pendrive-de-instalação-a-partir-do-DVD-do-Windows 7-gerati-solucoes-02

Observação2565476 caso uma senha de administrador ou uma confirmação seja solicitada, digite a senha ou forneça uma confirmação segundo corresponder.

4. Digite diskpart.exe e pressione Enter.

criando-um-pendrive-de-instalação-a-partir-do-DVD-do-Windows 7-gerati-solucoes-03

5. No DISKPART, escreva list disk para poder ver uma lista dos discos disponíveis.

criando-um-pendrive-de-instalação-a-partir-do-DVD-do-Windows 7-gerati-solucoes-04

Observação: No caso da imagem, foi ressaltado para a seleção o Disco 1, mas pode não ser seu caso. Para reconhecer o disco a ser utilizado leve em conta o espaço disponível deste.

6. Agora você deverá introduzir as opções seguintes na ordem indicada em seguida:

Advertência: A opção Clean, excluirá o conteúdo da unidade USB, assegure-se de fazer uma cópia de segurança dos arquivos importantes.

Select disk 1
Clean
Create partition primary
Format fs=fat32 quick
Active
Exit

criando-um-pendrive-de-instalação-a-partir-do-DVD-do-Windows 7-gerati-solucoes-05

  1. Select disk 1: este é o comando exibido na imagem, mas no seu caso ele pode ser diferente. Você pode reconhecê-lo pelo espaço livre.
  2. Clean: este comando apagará toda a informação contida na unidade.
  3. Create partition primary: este comando criará uma nova partição primária.
  4. Format fs=fat32 quick: este comando executa uma formatação rápida FAT32 na partição primária.
  5. Active: este comando marca a partição selecionada como ativa.
  6. Exit: este comando serve para sair do diskpart.

7. Insira o disco do Windows 7.

8. Selecione todo o conteúdo do disco do Windows 7 e o copie na unidade flash USB.

criando-um-pendrive-de-instalação-a-partir-do-DVD-do-Windows 7-gerati-solucoes-06

 

Ou você pode copiar o conteúdo de uma unidade a outra por meio do comando Robocopy.exe, como mostra a captura de tela a seguir.

criando-um-pendrive-de-instalação-a-partir-do-DVD-do-Windows 7-gerati-solucoes-07

9.Agora você poderá instalar o Windows 7 por meio de sua unidade flash USB. Assegure-se de que o computador esteja configurado para iniciar pela unidade USB.

Sua opinião nos interessa: não deixe de enviar a sua opinião sobre estes artigos por meio do campo de comentário que se encontra na parte inferior. Desse modo você pode melhorar o conteúdo. Muito obrigado!

OBS: Caso não consiga efetuar o procedimento acima citado, segue abaixo um link com os  “Melhores programas para dar boot com pendrive” para facilitar seu trabalho.

http://zip.net/bypBfm

 

Curta e compartilhe
Gerati Soluções em TI

Site : http://www.gerati.com.br
Twitter: https://twitter.com/Gerati_TI
Face : http://www.facebook.com/geratisolucoesti
Youtube: http://www.youtube.com/geratisolucoesti
Blog : https://gerati.wordpress.com

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em setembro 17, 2014 em Windows 7

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Trocando fundo de tela do Logon no Windows 7

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img02

No Windows 7 é possível mudar a tela de boas vindas que aparece quando você inicia o computador sem qualquer software de terceiros, mas esta definição está bem escondida. Você pode definir qualquer imagem para o fundo personalizado.

Esta configuração é adequado aos fabricantes de equipamentos originais (OEMs) para personalizar seus sistemas, e você mesmo pode caracterizar em alguns cliques. Basta mudar um valor único de registro e colocar um arquivo de imagem no local certo, veja como:

Ativando fundos personalizados

Este recurso é desabilitado por padrão, mas você pode habilitá-lo a partir do Edito do Registro. Você também pode usar o Group Policy Editor, caso seja a versão Professional do Windows.

Inicie o Editor de Registro digitando regedit na caixa de busca no menu Iniciar e pressione Enter.

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img03

No Editor do Registro, vá até a pasta seguinte:

HKEY_LOCAL_MACHINE | SOFTWARE | Microsoft | Windows | CurrentVersion | Authentication | LogonUI | Background

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img04

Você verá um valor DWORD chamado OEMBackground. Caso você não encontre este valor, clique no painel direito e selecione o submenu Novo e crie um novo valor DWORD como esse nome.

Clique duas vezes o valor OEMBackground e defina o valor para 1.

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img05

 

Observe que a seleção de um novo tema na janela Aparência e Personalização vão “resetar” este valor do Registro. Selecionando um tema irá alterar o valor da chave para o valor armazenado no arquivo do tema ini, que é provavelmente 0 – ; se você mudar o seu tema, terá que realizar esse registro novamente.

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img06

 

Alterar a definição de política de grupo permitirá que ele continue, mesmo quando você mude o tema, mas o Group Policy Editor só está disponível nas edições Professional do Windows.

Se você tiver acesso ao Editor de Política de Grupogpedit.msc inicie a partir do menu Iniciar.

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img07

 

Vá até a seção seguinte na janela do Editor de Diretiva de Grupo:

Configuração do Computador | Modelos Administrativos | System | Logon

 

 

 

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img08

 

Você encontrará um local chamado “Sempre usar fundo de login personalizado”. Dê um clique duplo e configure para Ativado.

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img09

 

Como definir uma Imagem

O seu arquivo de imagem dever ser menor que 256 KB de tamanho. É uma boa ideia usar uma imagem que corresponde à resolução do monitor, por isso não seja exagerado.

O Windows procura as imagens de fundo de tela de logon no seguinte diretório, por padrão:

C:| Windows | System32 | oobe | info | fundos

Como de costume, as pastas informações não existe os fundos. Então, vá em C: | Windows | System32 | oobe e crie uma subpasta,  clicando com o botão direito do mouse em Novo e selecione Nova Pasta.

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img10

 

Copie sua imagem de fundo favorita para a pasta de fundos e coloque o nome backgroundDefault.jpg.

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img11

A mudança terá efeito imediato – sem precisar reiniciar o computador. A primeira vez que você sair ou bloquear sua tela (experimente o atalho de teclado WinKey-L), você verá o seu novo fundo de tela.

trocando-fundo-de-tela-do-logon-no-windows-7-img12

 

Para obter a tela de logon padrão de volta, basta apagar o arquivo backgroundDefault.jpg. O Windows irá usar o fundo padrão, se nenhuma imagem de fundo personalizada estiver disponível.

E aí, gostou da dica ? Conhece um método mais fácil para trocar a imagem de fundo de Logon ? Deixe o seu comentário abaixo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 22, 2014 em Windows 7

 

Tags: , , , , , , , ,