RSS

Arquivo da tag: windows server 2008 r2

Remover partições com o Microsoft DiskPart*

DiskPart*

O Microsoft DiskPart é uma ferramenta poderosa que você pode executar na linha de comando sem usar uma interface gráfica. A ferramenta é mais flexível do que Gerenciamento de Disco.

Para executar o DiskPart:

  1. Digite DiskPart na linha de comando ou invoque a ferramenta na janela Executar. Uma mensagem de controle de conta de usuário aparece.
  2. Forneça direitos de administrador para a ferramenta e aceite a mensagem para executar a ferramenta.

diskpart01

O DiskPart tem muitas opções e comandos. Consulte as etapas básicas abaixo para inicializar e apagar uma unidade.

Primeiro, selecione a unidade em que você está trabalhando:

  • List disk: Mostra a lista de discos e unidades flash USB conectados
  • Sel disk (select disk): Seleciona o escopo para trabalhar
  • Clean all: Remove as informações de partição e de volume do dispositivo selecionado

Em seguida, com o dispositivo limpo (no estado de fábrica), crie partições e formate-as. Selecione a unidade e digite os seguintes comandos para criar partições:

  • List part: Mostra a lista de partições disponíveis na unidade (no estado de fábrica, não há partições)
  • Sel part: Usado para selecionar uma partição para trabalhar
  • Del part: Usado para remover a partição selecionada

Se você não tiver partições, poderá criar uma partição nova.

Create part primary: Este comando cria uma partição primária do tamanho total da unidade. Você pode também especificar uma partição estendida, uma partição lógica, ou especificar o tamanho desejado para a partição usando size=”xxx”.

Agora selecione a partição a ser formatada e configure-a com o tipo de partição selecionado:

  • Format override fs=”NTFS” label=”etiqueta”: Executa um formato de baixo nível (apagamento seguro), configura sua partição no sistema de arquivos NTFS e define a etiqueta desejada.

Você pode também usar outros parâmetros e funções deste comando. Por exemplo, para executar um formato rápido em vez de sobregravar, digite format quick fs=”NTFS” label=”teste” size=409600 (o tamanho (“size”) é em MB).

Você criou e formatou sua partição. Se nenhuma letra for atribuída à partição, você não verá a unidade no Windows*.

Para ver a unidade, digite os seguintes comandos:

  • List vol: Mostra a lista de todos os volumes disponíveis
  • Sel vol: Seleciona o volume que você já criou com os últimos comandos.
  • Assign letter: Atribui uma letra à unidade para que o Windows possa vê-la. A unidade está pronta para usar. Por exemplo: assign letter=D.

Para obter mais informações sobre o DiskPart, consulte sintaxe de comandos e explicação dos comandos.

diskpart02

Fonte: Microsoft

Curtam nossas páginas

Acessar-o-link-agora

Curta e Compartilhe

CONTATO DIRETO: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
►Para DÚVIDAS, MANUTENÇÃO, SUPORTE ou COMPRA DE PCs temos as CONSULTORIAS onde você terá suporte do próprio dono do canal pessoalmente te ajudando com tudo!
Entre em contato pelo e-mail: comercial@gerati.com.br
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

► Site :           http://www.gerati.com.br
► Facebook : https://www.facebook.com/gerati.loja/
► Facebook : https://www.facebook.com/geratisolucoesti
► Blog:           https://gerati.wordpress.com/
► Twitter:     https://twitter.com/Gerati_Games
► Video:        https://www.youtube.com/user/geratisolucoesti

Anúncios
 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Criando e Configurando um Servidor DHCP no Windows Server 2008 R2

Basicamente os servidores DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) gerenciam centralmente endereços IP e informações afins, fornecendo de forma automática estas informações aos clientes. Isso permite que você defina as configurações de rede dos clientes em um servidor, em vez de configurá-las em cada computador cliente.

Neste post irei mostrar passo a passo como instalar e configurar um servidor DHCP no Windows Server 2008 R2.

Configurar um servidor DHCP depende de alguns fatores, como o número de clientes na rede, a configuração da rede e a implementação de domínios que você está usando em sua rede. Em se tratando de domínios do Active Directory (AD), deve se autorizar o servidor DHCP no AD para que o mesmo possa executar sua função.

Em se tratando de grupos de trabalho, não é necessário autorizar o servidor DHCP no AD.

Instalando o servidor DHCP no Windows Server 2008 R2

Abra o Gerenciador de Servidores, clique em Funções e depois em Adicionar funções.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.01

Ao clicar em Adicionar funções, irá aparecer uma janela de Assistente para Adicionar novas Funções. De início na janela que foi aberta aparecerá “Antes de começar”, que contém algumas explicações sobre o assistente. Você pode marcar a opção Ignorar está página, por Padrão para quando você abrir novamente o Assistente, essa mensagem não volte à aparecer. Clique em Próximo.

Na próxima tela irá aparecer as Funções que poderão ser instaladas no servidor. Neste caso selecione apenas Servidor DHCP.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.02

**É importante deixar claro que o servidor  DHCP deve possuir IP fixo!! Caso contrário ao selecionar a Função Servidor DHCP irá aparecer uma mensagem de aviso que o Servidor não possui IP fixo.

Clique em Próximo 2 vezes, já que a próxima tela irá fazer uma breve apresentação do protocolo DHCP, o que é um servidor DHCP, etc.

Na próxima tela será apresentada uma lista de conexões de rede do servidor que possuem IP fixo. Selecione as conexões que o servidor irá utilizar. No caso aqui, existe apenas uma conexão com IP fixo.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.03

Clique em Próximo.

Nesta tela é necessário informar o nome DNS do domínio pai e o endereço do DNS IPv4. As configurações atribuídas aqui serão disponibilizadas para todos os clientes que usarem o IPv4.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.04

Clique em Próximo.

Na próxima tela ele pede para instalar o servidor WINS (Windows Internet Naming Service). Vale lembrar que o WINS só é utilizado em Sistemas Operacionais antigos como Windows 95, 98 e NT por exemplo. Neste caso então vamos deixar marcado a opção WINS não é necessário aos aplicativos desta rede. Quem faz o papel do WINS hoje em uma rede moderna é o DNS.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.05

Clique em Próximo.

Na próxima tela será adicionado o escopo do servidor DHCP. Clique em Adicionar e abrirá uma nova tela. Nesta tela coloque o nome do escopo, o endereço IP inicial do range do DHCP e o endereço final do range. No meu caso aqui coloquei o nome Intervalo1, endereço inicial para distribuição de IPs 192.168.10.10 e endereço final de Ips 192.168.10.200, tipo de sub-rede com fio, máscara de sub-rede 255.255.255.0 e gateway do meu próprio servidor.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.06

Clique em Ok e depois em Próximo.

Esta etapa de adicionar escopo poderia ter sido pulada para ser configurada mais tarde clicando em Próximo.

Na próxima tela ele apresenta opções para especificar se o modo DHCPv6 sem monitoração de estado deve ser ativado ou desativado. Como estou trabalhando apenas com IPv4 vou marcar a opção Desabilitar o modo sem monitoração de estado de DHCPv6 para este servidor.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.07

Clique em Próximo e será apresentado a configuração do servidor DHCP. Clique em Instalar.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.08

Feito isso o servidor DHCP já está instalado. Caso seja necessário reinicie o servidor.

criando-e-configurando-um-servidor-dhcp-no-windows-server-2008-r2.09

Como dito anteriormente, se você estiver utilizando domínio do AD, deve se autorizar o servidor DHCP no AD.

Para isso abra o DHCP indo em Iniciar > Ferramentas Administrativas > DHCP

Na árvore à esquerda clique em DHCP e depois no menu Ação.

Clique em Gerenciar Servidores Autorizados.

Será aberto uma caixa de diálogo, clique em Autorizar.

Quando for solicitado, digite o endereço IP do servidor DHCP que deve ser autorizado.

Nota importante: Se o DHCP for instalado em um servidor que atua como um controlador de domínio, o servidor DHCP será automaticamente autorizado e a autorização não poderá ser removida.

Dica: Como o DHCP é muito importante para a inicialização do cliente e para o acesso à rede, deve-se levar em conta a redundância digamos assim do servidor DHCP, ou seja, se possível utilizar dois servidores DHCP (um em “stand by”) na rede para caso um deles venha a falhar a rede não fique parada. No entanto, configurar roteadores para encaminhar difusões DHCP ou ter agentes de retransmissão DHCP reduz a necessidade de utilizar servidores adicionais.

 
Deixe um comentário

Publicado por em agosto 7, 2014 em Windows Server 2008 R2

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,